Paisagens imaginárias e retratos ganham exposições em Curitiba

Do UOL, em Curitiba

  • Divulgação

    Imagem da exposição "Natureza Impermanente", até 3 de março na Caixa Cultural Curitiba

    Imagem da exposição "Natureza Impermanente", até 3 de março na Caixa Cultural Curitiba

Curitiba recebeu nesta terça (22) duas exposições prestigiando o mundo da fotografia e das artes plásticas. A Caixa Cultural, por exemplo, traz o artista Kilian Glasner e suas paisagens reais ou imaginárias. Já o Shopping Estação dá espaço para as fotografias do projeto Help-Portrait.

Confira abaixo detalhes e os serviços das mostras.

"Natureza Impermanente"
A mostra do artista plástico pernambucano Kilian Glasner fica em cartaz até dia 3 de março e é composta por 20 desenhos em preto e branco em formato horizontal e com perspectivas de paisagens reais ou imaginárias. O artista sobrepõe imagens  inserindo elementos e criando novas perspectivas, realistas ou fantásticas, que podem ser vistas isoladamente ou em conjunto. Ele utiliza fotografias que são deslocadas para o papel, compondo uma nova imagem desenhada com técnica realista. O que se vê então é uma paisagem inventada, composta por detalhes de tantas outras paisagens reais.
Quando: até 3 de março; de terça a sábado, das 9h às20h e aos domingos, das 10h às 19h
Onde: CAIXA Cultural Curitiba (Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Centro)
Quanto: Entrada Franca
 
"Em Versos"
A exposição permanece em frente ao Museu Ferroviário até dia 13 de fevereiro, composta por 32 imagens de idosos e crianças que um grupo de fotógrafos voluntários conheceu e registrou ao longo de 2012. As imagens, feitas de setembro a novembro, em um lar de senhores, e em dezembro numa instituição que acolhe crianças, são intercaladas por relatos dos participantes e depoimentos dos fotografados. A exposição é resultado do projeto fotográfico Help-Portrait, criado no estado norte-americano do Tennesse, e que acontece simultaneamente em 54 países com a intenção de clicar pessoas nunca antes fotografadas ou em condição de vulnerabilidade social. Em seguida, os profissionais entregam as fotos às pessoas, com a intenção de despertar ou resgatar a dignidade humana. A mostra também pretende despertar uma reflexão sobre o ciclo da vida.
Quando: até 13 de fevereiro; de segunda a quinta, das 10h às 22h; sexta e sábado das 10h às 23h; domingos, das 11h às 22h
Onde: Shopping Estação (Avenida Sete de Setembro, 2775 – Rebouças)
Quanto: Entrada Franca

Últimas de Guia

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos