Pólvora, aviões e robôs estão em mostra de artista chinês inovador no CCBB-SP

Roseane Aguirra
Do UOL, em São Paulo

Aviões, helicópteros, submarinos e naves extraterrestres sobrevoam a esquina da Rua Álvares Penteado com a Rua da Quitanda, no centro de São Paulo, em frente ao CCBB. As obras fazem parte da exposição "Da Vincis do Povo" do chinês Cai Guo-Qiang (se pronuncia "Tsai Guo-Chang"), que estreia neste sábado (20), às 11h, com entrada gratuita.

Na área externa, as frases "o que é importante não é se você pode voar" e "nunca aprendi a pousar" complementam as peças presas no alto dos prédios. A primeira frase é inspirada na economia chinesa que, em rápido crescimento, não permite muitos momentos de lazer e distração dos trabalhadores. Em São Paulo, as instalações externas se encaixam no cotidiano das pessoas que passam apressadas nas ruas do centro.

Em entrevista ao UOL, Cai afirmou que cada visitante terá uma resposta à sua experiência com as obras, alguns podem ter recordações de sonhos, outros podem se sentir interligados ao todo, já que a exposição traz a produção dos "Da Vincis do Povo", ou seja, a criatividade de pessoas comuns.

Dividida entre o Prédio Histórico dos Correios e o CCBB, a mostra apresenta 14 instalações de grande porte com obras feitas a pólvora por Cai e outras, produzidas por camponeses do interior da China.

  • Joana França/ Divulgação

    Aviões na área externa do CCBB; mostra fica em cartaz de 20 de abril a 30 de junho

Na entrada, há uma novidade na etapa paulista da exposição, que esteve em Brasília e irá para o Rio de Janeiro em julho. O "Birds and Flowers of Brazil", um painel de 18 metros de altura e 4 metros de largura, se estende pelos três andares do prédio. Com a ajuda de voluntários, a obra foi concebida em Brasília especialmente para a exibição de São Paulo e não irá para o Rio.

O painel foi feito com pólvora, e mistura técnica chinesa com a inspiração dos pássaros e das flores brasileiras. Vídeos no espaço expositivo mostram os bastidores da produção das peças e as explosões que criam sombras sobre o papel.

No 2º andar, há um quadro com inúmeras fotos selecionadas através de um concurso ocorrido em Brasília, o Instamission, que serviu de inspiração para Cai produzir oito painéis à pólvora retratando a cultura brasileira. Neles aparecem a Igreja do Bomfim, na Bahia, e o Corcovado, no Rio de Janeiro, além da figura de Santos Dumont.

Já no 3º andar, Cai faz uma brincadeira com o mercado de arte contemporâneo e traz uma série de robôs imitando os artistas Jackson Pollock, Damien Hirst, Yves Klein e Bruce Nauman. As peças produzidas pelos "artistas de lata" serão vendidas ao final da exposição a preços acessíveis -- ultrapassando, assim, a barreira da arte sacralizada e vendida a preços exorbitantes.

Embora produzidos por outros artistas, os robôs são criação de Cai, que orientou a construção.

No 4º andar, 49 pipas de bambu e seda em uma sala fechada e outras 84, em uma área quase a céu aberto, simbolizam os artistas da mostra. Na instalação externa, bem acima do painel "Birds and Flowers of Brazil", berços cheios de flores e plantas irão balançar pipas amarradas a eles. A ideia é de que a criança sonha, cria e seu pensamento voa, como pássaros.

Em cada cidade, Cai muda as obras e a maneira de interagir com elas. Mas as ideias de criar e "voar" estão presentes, subjetiva ou, até mesmo, objetivamente, através dos aviões.

Serviço
"Da Vincis do Povo" de Cai Guo-Qiang
Quando: a partir de 20 de abril, às 11h. Até 30 de junho.
Funcionamento:  de terça a domingo, das 9h às 21h
Onde:
CCBB - Rua Álvares Penteado, 112, centro
Prédio Histórico dos Correios – Avenida São João, s/n, Vale do Anhangabaú, centro
Quanto: entrada gratuita
Estacionamento Conveniado
Estapar: Rua da Consolação, 228 (Edifício Zarvos). R$ 15 pelo período de 5 horas (Necessário carimbar o ticket na bilheteria do CCBB)
Van faz o transporte gratuito até as proximidades do CCBB - embarque e desembarque na Rua da Consolação, 228 (Edifício Zarvos) e na Rua XV de Novembro, esquina com a Rua da Quitanda, a 20 metros da entrada do CCBB.
Educativo: agendamento de grupos para visitas mediadas à exposição pelo telefone (11) 3113-3649.
Mais informações: (11) 3113 3651

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos